Vantagens e características da Alvenaria estrutural

Vantagens e características da Alvenaria estrutural: Saiba como esse tipo de material pode ajudá-lo a garantir a segurança e melhorar a qualidade de sua obra. 

O ato de “empilhar” pedras para construir paredes foi usado em edifícios emblemáticos como as pirâmides, o Partenon, a Grande Muralha da China, a Catedral de Notre Dame muitos outros. Alguns desses edifícios continuam a intrigar os pesquisadores sobre como foram construídos e como ainda estão de pé. 

Traçar uma linha do tempo para a alvenaria estrutural é aproximar-se da história da arquitetura e de suas grandes obras. Em poucas palavras, é um sistema construtivo em que as paredes do edifício cumprem a função estrutural, utilizando blocos, tijolos ou pedras, de tal forma que se tornem auto-portantes. 

Vantagens e características da Alvenaria estrutural
Vantagens e características da Alvenaria estrutural 5

Empilhados em camadas, os componentes podem ou não ser ligados por um material ligante (argamassa), o que afeta fortemente as propriedades mecânicas da parede. As referidas argamassas podem ser de cal, cimento ou adesivos sintéticos.

Uma série de experimentos, pesquisas e tecnologias tornaram possível criar blocos fortes e leves o suficiente para construir com facilidade e alta resistência, além de permitir descobertas como o artefato de concreto

Vantagens e características da Alvenaria estrutural

Na década de 1940, os blocos de alvenaria estrutural começaram a ser fabricados industrialmente, e hoje podemos encontrar blocos cerâmicos, concretos, solo-cimento ou sílica-calcários. Os blocos têm formas que os tornam resistentes a esforços de compressão, e são perfurados para a passagem de concreto, armaduras, tubulações hidráulicas ou eletrodutos.

alvenaria estrutural1
Vantagens e características da Alvenaria estrutural 6

Diferentemente do sistema de vigas e pilares comumente utilizado hoje, a alvenaria estrutural é composta por paredes que distribuem as cargas para a fundação e depois para o solo. O sucesso da estrutura será definido pela geometria e disposição dessas paredes estruturais, para resistir ao próprio peso da estrutura e cargas verticais (ocupação), e cargas laterais, como ação do vento, por exemplo. 

É fundamental que os planos verticais trabalhem juntos para que as cargas sejam distribuídas uniformemente e nenhuma parede se torne muito frágil. Isto é conseguido através do correto dimensionamento das aberturas e espaços, e da localização e determinação das aberturas nos locais apropriados.

A alvenaria estrutural pode ser armada ou não armada

bloco alvenaria estrutural concreto 01
Vantagens e características da Alvenaria estrutural 7

Enquanto o primeiro tipo é um pouco mais simples, em que as paredes são construídas exclusivamente por meio de blocos e argamassa, a alvenaria armada é reforçada com vergalhões ou telas de aço, dimensionadas para resistir às forças ativas. Esses reforços ficam localizados nas cavidades dos blocos e, posteriormente, são preenchidos com argamassa (um tipo de concreto ou argamassa de alta resistência, com alta fluidez).

Diferentes tipos de blocos

Diferentes tipos de blocos atendem a funções específicas em um projeto. Existem diferenças ao redor do mundo, mas em geral, existem os blocos estruturais comuns, e os blocos tipo calha, que podem receber reforço horizontal e concreto para formar as aberturas (em portas e janelas). 

Existem também blocos que permitem o encaixe das lajes, identificados por um perfil em “J”, nos quais a laje se apóia em uma extremidade, proporcionando travamento estrutural e bom acabamento. A grande regularidade dimensional dos blocos facilita muito a elaboração do projeto e a execução da obra.

Economia e rapidez

As principais vantagens da utilização deste sistema são a rapidez de construção, a redução do uso de madeira, aço e betão, economia de tempo e dinheiro, boa organização em obra e resistência eficaz ao fogo. 

Racionalização do projeto

Alvenaria estrutural 3.png
Vantagens e características da Alvenaria estrutural 8

O sistema construtivo também induz a uma racionalização do projeto e de uma série de outras atividades, como instalações elétricas e hidráulicas. Além disso, a alvenaria tem uma alta resistência à compressão e geralmente é atraente quando deixada sem revestimento.

Obviamente, as paredes portantes não devem ser removidas sem serem substituídas por outro elemento de função equivalente, o que pode ser uma desvantagem, pois reduz muito a flexibilidade da edificação e a possibilidade de mudanças radicais no layout arquitetônico original. 

Outro problema é que edifícios com massa elevada, como alvenaria estrutural, podem não ser adequados em regiões com alta atividade sísmica. Nesses casos, é fundamental entender e seguir a legislação local.

Hoje, existem exemplos de edifícios de alvenaria estrutural armada com mais de 28 andares. O sistema pode ser adequado para tipologias que vão desde pequenos edifícios unifamiliares até grandes instalações. 

Em geral, o projeto de alvenaria estrutural pressupõe uma integração entre todas as especialidades, e os arquitetos precisam ter uma posição de liderança e controle para que a obra funcione corretamente. 

Obviamente, contar com o apoio de engenheiros estruturais durante o processo é essencial. A alvenaria estrutural não permite improvisações e alterações de projeto durante a construção. É um sistema estrutural extremamente antigo, mas que, por meio de sucessivos aportes tecnológicos, pode ser muito eficaz na construção das cidades do futuro.

Leave a comment

Go to top